8.25.2009

E quando só o que está longe nos encanta?



P.
É um sinal de quê? Quando vi as últimas fotos da Louise Chin e do Ignácio Aronovic, amigos Lost Art, pensei profundamente: que que estou fazendo mesmo? Que diabos é essa confusão mental corporativa que atrapalha o trabalho e a vida de todos? Besteira, pequenez diante do belo na arte, vontade de pisar no pé e sair correndo. Gente boba não deveria ocupar nossos pensamentos nem roubar nosso sono, né?

Tão belas as fotos. Vejam lá, a dançarina flutua.

Em pé de bailarina não se pisa.

2 comentários:

Renato disse...

Escreve mais!

Jackie disse...

Oi, Gabi
Passei para fazer uma visitinha e desejar boa sorte no sorteio da scrapjackie.
bjs

Postar um comentário