3.06.2009

o casamento de rachel



C. Tentei assistir O Lutador no Lumiére, mas perdi a seção: o celular tinha voltado ao horário de verão. E então assisti pela segunda vez O Casamento de Rachel, o melhor entre o que consegui ver este ano. Da primeira vez perdi as primeiras cenas numa sessão no Unibanco Artplex. E gosto, confesso, de assistir os filmes no cinema mais de uma vez. Detalhes, o som das folhas, o som de fundo que é de fato o que há. E este é um filme excepcionalmente ritmado nos detalhes.

4 comentários:

Renato disse...

Se fosse hoje poderia ter sido Watchmen, né? ;)

Gabi Yamaguchi disse...

Ah, não tenho pensado muito em estréias, não tem dado, pocinho de ser infeliz, assim. Talvez amanhã, meia noite.

Mari Mello disse...

Gabi, florzinha
Finalmente um post!
Gostei da frase "excepcionalmente ritmado nos detalhes". Um beijo grande e ótimo fim de semana,
Mari

Cris Ventura disse...

Gabi! Saudades! E nossos jantares japas?! Ainda quero ver esse filme! Bjs!

Postar um comentário